INFORMATIVO

OBEDIÊNCIA, FIDELIDADE E FÉ A DESPEITO DAS CIRCUNSTÂNCIAS

“Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes, porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares” (Josué 1:9).
Na última pastoral, falei sobre o sucesso, visto ser comum, nesta época do ano, as pessoas desejarem sucesso para os outros e para si mesmas. Muitos planejam alcançar o tão sonhado sucesso em várias áreas da vida (profissional, pessoal, familiar, etc) e lutam com todas as forças para alcançá-lo. Vimos que, a princípio, não há nada de errado com tais desejos... O problema está no entendimento do que realmente significa sucesso, visto que, muitas pessoas no desejo de alcançá-lo, se envolvem tanto nesta busca que acabam deixando o mais importante de lado e, por isso, na maioria das vezes, os sonhos se transfor-mam em pesadelos, as conquistas em derrotas e, os “sucessos” em fracassos.
Por isso, de maneira resumida, vale a pena ressaltar que o sucesso é: 1). Sempre é consequência, portanto, nunca razão; é sempre efeito, nunca causa. 2). O sucesso nunca é perma-nente ou definitivo! Nesse sentido podemos dizer que “nenhum sucesso é final e nenhuma derrota é fatal”. O insucesso na perspectiva humana pode ser o começo de uma linda história de sucesso traçada por Deus na eternidade. 3). Sucesso não cai do céu, é fruto, é sempre resultado de: intimi-dade com Deus; humildade diante de Deus, e; perseverança diante das adversidades.
Sucesso é resultado... Nesse sentido podemos dizer que a providência de Deus, não exclui o trabalho do homem!
Nesta oportunidade quero destacar que obter sucesso em época de crise, dependerá da obediência, da fidelidade e da fé, no Deus da aliança, a despeito das circunstâncias.
Homens como Esdras, Neemias, Ageu, Zacarias e Malaquias, que viveram em épocas de grandes crises, como segredo para o sucesso, enfatizaram o valor da oração, da obediência, da fé em Deus e da fidelidade para com o Deus da aliança. Na visão deles, a existência destas carac-terísticas seria a causa do sucesso, independente-mente, das circunstâncias. Por outro lado, a inexistência delas, a causa das crises e desgraças...
Da mesma forma, Deus deixou claro para Josué que o seu sucesso seria consequência e dependeria da sua obediência, fidelidade e fé, no Deus da aliança, a despeito das circunstâncias.
Josué tinha 85 anos de idade, quando assumiu a liderança do povo de Deus e liderou-o por 25 anos e, sem dúvidas, a sua missão foi por demais desafiadora, para não dizer, assustadora. Na realidade, coube à Josué a tarefa de liderar a transformação da promessa em realidade!
Em Josué 1:1-9, Deus deixou claro para o novo líder do povo de Israel que o sucesso da sua liderança e a eficácia da sua missão seria alcança-do com: 1). OBEDIÊNCIA, PRONTA E IRRES-TRITA - “Moisés, meu servo, é morto; dispõe-te, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel” (Js 1:2). Deus não barganha e nem aceita postergação... O chamado é para ser aceito prontamente! 2). FÉ REALIZADORA (Fé operosa, na linguagem de Paulo) - “Sê forte e corajoso [...] Tão-somente sê forte e mui corajoso [...] Não to mandei eu? Sê forte e corajoso; não temas, nem te espantes” (Js 1:6, 7, 9). A expressão é repetida três vezes e diz respeito à determinação e ao ânimo com que Josué deveria enfrentar os desafios que estavam adiante. A Versão Corrigida traz a expressão “esforça-te e tem bom ânimo”. A palavra ânimo vem do latim e significa “espírito ou fôlego”. Ser forte e corajoso é, portanto, manter o espírito confiante, determi-nado e positivo para as confrontações da vida. 3). FIDELIDADE INEGOCIÁVEL – “[...] dela não te desvies, nem para a direita nem para a esquerda, [...] Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito” (Js 1:7-8). Nunca é demais lembrar que o amor de Deus é incondicional, não depende da nossa reciprocidade ou do nosso acolhimento, mas, a benção de Deus não é assim. Para que sejamos abençoados Deus requer que andemos em confor-midade com a Sua vontade, a benção é condicional (Js 23:15). Nos versículos sete e oito, Deus deixa claro que o sucesso de Josué dependeria da sua fidelidade às Escrituras e do seu testemunho diante dos homens. 4). CERTEZA DA PERMA-NENTE PRESENÇA DE DEUS – “Todo lugar que pisar a planta do vosso pé vo-lo tenho dado, como eu prometi a Moisés. [...] Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. [...], porque o SENHOR, teu Deus, é contigo por onde quer que andares. (Js 1:3, 5, 9). Em todos os momentos Deus estará conosco, independentemente das circunstâncias. Esta certeza é indispensável para o sucesso! Deus é fiel! Creia e serás bem-sucedido em 2017.


Titulo fixo

IGREJA PRESBITERIANA DE CUIABÁ

TEMPLO DA TREZE
Rua Treze de Junho, 148
Centro Cuiabá  | 78005-250

NOVO TEMPLO
Av. Hist. Rubens de Mendonça, 6015
Morada da Serra I Cuiabá  | 78055-000

CONTATO

Fone:  65 3624.4917 
E-mail: secretaria@ipcuiaba.org.br

REDES SOCIAIS

Siga a Igreja Presbiteriana de Cuiabá nas redes sociais.

Copyright © 2015 - Igreja Presbiteriana de Cuiabá - Todos os direitos reservados. Desenvolvimento e-design / crausdesign

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo